A Prefeitura e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) entregaram para a população, nesta segunda-feira (29), a conclusão das obras do PEC (Ponto de Entrega da Comunidade) do Jardim das Hortênsias.


O PEC, que fica na Avenida Jurandir Rios Garconi, é um espaço para descarte de resíduos de construção e outros materiais, como sofás, colchões, armários, camas e restos de podas. O serviço funciona de segunda a domingo, das 6h às 18h. O investimento do Daae nas obras foi de R$ 100 mil.
O PEC é diferente dos PEVs (Pontos de Entrega de Volumosos, conhecidos como bolsões) existentes em outros bairros. No PEC, o uso é exclusivo da população do bairro, não sendo permitido o descarte por pequenos transportadores.
“É um local para entrega de entulho, de material de poda de árvore, de limpeza e daquilo que as pessoas querem jogar fora e, muitas vezes, jogam em áreas de mananciais e terrenos baldios, o que ajuda a destruir o meio ambiente e na proliferação do Aedes aegypti, na contaminação da dengue”, afirmou o prefeito Edinho.
“A construção do PEC é uma reivindicação antiga da comunidade, principalmente das pessoas que trabalham com poda de árvore e limpeza de terrenos e não tinham local para esse despejo nesta região. Parabéns ao Daae, porque o Daae é responsável pela gestão ambiental do município e tem feito um trabalho brilhante”, complementou.
O superintendente do Daae, Donizete Simioni, também destaca que o PEC atende pedido dos moradores. “É mais uma reivindicação antiga da população do Hortênsias que está sendo atendida. É um equipamento público que vai beneficiar aquela comunidade com um local adequado para o descarte de resíduos, principalmente da construção civil. Nós vamos nos espelhar nesse modelo do PEC e planejamos levá-lo para outros bairros”, reforça.
O Daae deverá entregar outros dois PEVs (bolsões), em breve, no Valle Verde e no Jardim Maria Luiza. Eles irão se somar aos oito PEVs já existentes no Jardim Santa Lúcia, no Parque das Laranjeiras, no Parque São Paulo, no Parque Gramado, no Santa Angelina, no Jardim Igaçaba, no Selmi Dei e no Victório de Santi.
Também estiveram presentes na entrega do PEC a diretora de Gestão Ambiental do Daae, Katia Matteo; o gerente de Resíduos Especiais e Volumosos do Daae, Marcos Antonio Scalize; o presidente da Associação de Moradores do Jardim das Hortênsias, Emanuel Sponton; além de outros diretores e funcionários do Daae.
Como funciona o PEC do Jardim das Hortênsias
Descarte permitido:
* Até 4 metros cúbicos/dia:
- Resíduos de construção (entulho) e madeiras descartados pelo próprio gerador
- Até 2 metros cúbicos/dia: descarte gratuito
- De 2,5 metros cúbicos até 3 metros cúbicos: 4 Unidades Fiscais do Município (UFM) - Valor atual da UFM: R$ 57,68
- De 3 metros cúbicos até 4 metros cúbicos: 6 UFM
* Até 4 metros cúbicos por descarte:
- Galhos, restos de podas e volumosos (sofás, colchões, armários, camas)
* Até 10 unidades por gerador:
- Eletroeletrônicos e lâmpadas (uso doméstico) e pneus (veículos de passeio)
- Recebimento de recicláveis (em pequenas quantidades e eletrodomésticos)
Descarte não permitido:
- Lixo doméstico, industrial, hospitalar, químico, de oficinas mecânicas, taco e gesso

Fonte: Prefeitura de Araraquara

Gerência de Comunicação, Relações Públicas e Eventos, 30 de junho de 2020.

Pin It

Enquete Daae

O que você acha do trabalho de Educação Ambiental desenvolvido pelo Daae?

facebook

Back to top