Nesta quarta-feira, dia 17 de junho, comemora-se o Dia Mundial de Combate à Desertificação. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), este processo está conectado entre mudança climática, seca, degradação da terra e desertificação.

A partir da década de 1970, constatou-se através da imprensa, o grande deslocamento de famílias de uma região semiárida chamada Sahel, localizada entre o deserto do Saara e a Savana do Sudão. Esse fato deu-se devido à ausência de recursos naturais na região como: água, vegetação e solo e, consequentemente, grande seca, fome e pobreza.
Realizada em Nairóbi, no Quênia, em 1977, a Conferência das Nações Unidas sobre Desertificação alertou sobre os crescentes riscos e perigos à desertificação em vários países, inclusive nas regiões semiáridas do Brasil. Após essa conferência, o tema se consolidou, levando países a darem maior relevância aos problemas ambientais e ações visando reverter esse processo.
Ficou estabelecido pela comunidade internacional, em 17 de Junho de 1997, a Convenção de Combate à Desertificação (UNCCD), em Paris, na França, tendo como objetivo estabelecer padrões de trabalho e metas internacionais na busca de soluções qualitativas, que atendam os propósitos socioambientais dessas regiões.
No dia 25 de Junho de 1997, o Brasil tornou-se parte da convenção, assumindo o compromisso de elaborar o Programa de Ação Nacional de Combate à Desertificação, resultando no documento denominado PAN-Brasil servindo como base ao combate de avanço da desertificação e redução aos efeitos da seca.
Atualmente, no Brasil, há carência de programas que combatam o processo de desertificação, como programas de manejo de ecossistemas frágeis. Entretanto, é essencial fortalecer ações de erradicação da pobreza, programas para promover a subsistência e a elaboração de planos de ações abrangentes para a diminuição dos impactos da seca.

Referências Bibliográficas.
<https://news.un.org/pt/audio/2016/06/1176461> Acesso em 15/06/2020
<https://nossaciencia.com.br/…/dia-mundial-de-combate-a-des…/> Acesso em 15/06/2020

Foto: autor - Marcelino Ribeiro/Embrapa

Gerência de Comunicação, Relações Públicas e Eventos, 17 de junho de 2020.

Pin It

Enquete Daae

O que você acha do trabalho de Educação Ambiental desenvolvido pelo Daae?

facebook

Back to top