O superintendente do Daae, Donizete Simioni, acompanhado da diretora de Gestão Ambiental, Katia Matteo, do gerente de Resíduos Sólidos, Agamemnon Brunetti e do vereador Paulo Landim, esteve no dia 19/02, no Jardim Maria Luiza III, para atender demandas de moradoras do bairro.

O grupo conversou com as moradoras Nilce, Alessandra, Edna, Adriana e Tais sobre o pedido de construção de uma praça no local.

“No mês passado inauguramos a primeira praça sustentável de Araraquara, no Jardim Universal. Nosso objetivo é expandir esse projeto piloto para outras dez áreas do município”, afirmou Simioni.

O local sugerido pelas moradoras está localizado entre as avenidas Talel Feres Haddad, João Molina Gil e rua Francisco Jeronimo Fernandes e conta com uma área de 9 mil m².

“O projeto desenvolvido pelo Daae preconiza ser construído em áreas menores, uma vez que todo material utilizado é de reuso, como madeira de demolição, tubos descartados, concreto feito com resíduos da construção civil, entre outros”, ressaltou Katia Matteo.

Como encaminhamento do encontro, ficou definido que o Daae irá verificar se o local é uma área institucional destinada à construção de escola ou posto de saúde e se há a possibilidade de construir a praça em uma pequena parte do terreno.

Gerência de Comunicação e Eventos, 26 de fevereiro de 2020.

Pin It

Enquete Daae

O que você acha do trabalho de Educação Ambiental desenvolvido pelo Daae?

facebook

Back to top