Os fiscais ambientais e os técnicos de Educação Ambiental da Diretoria de Gestão Ambiental do Daae e os fiscais municipais da Gerência de Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária, supervisores de equipes de Agentes de Controle de Endemias e o Grupo de Educação (IEC) prestigiaram a palestra “Fiscalização Municipal Ambiental de Resíduos Sólidos”, ministrada pelo Gerente de Fiscalização e Licenciamento Ambiental do Daae, Artur de Lima Osório, na manhã de quinta-feira (20/02), na sede da Coordenadoria da Vigilância em Saúde, dando início à capacitação “Menos Lixo, Mais Saúde”.

O gerente mostrou o panorama atual dos resíduos no município e explicou o trabalho da equipe de fiscalização, bem como toda a logística para o encaminhamento de resíduos para os Pontos de Entrega de Volumosos (PEVs). Explicou também como resíduos de oficinas mecânicas e similares, resíduos sólidos de serviços de saúde, lâmpadas fluorescentes, resíduos de MDF e gesso devem ser encaminhados de forma ambientalmente correta. Artur explicou ainda, como o pequeno transportador deve realizar o cadastramento (CTR) junto ao Daae e a quantidade que os pequenos geradores podem encaminhar para os bolsões.
Posteriormente, o gerente de Controle de Vetores, Luís Eduardo Tagliacozzo, apresentou o cenário atual da dengue no município e explicou toda a logística do trabalho que será realizado no dia 07 de março na região norte da cidade. O gerente explico a importância das parcerias dos diferentes setores da administração municipal para combater o Aedes aegypti e prevenir as doenças transmitidas por esse mosquito.
Hoje (21/02), a gerente de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, Simone Cristina de Oliveira, e o coordenador da Unidade Educação Ambiental darão continuidade a Capacitação: Saneamento Ambiental para Prevenção de Zoonoses e Agravos à Saúde.

Gerência de Comunicação e Eventos, 21 de fevereiro de 2020.

Pin It

Enquete Daae

O que você acha do trabalho de Educação Ambiental desenvolvido pelo Daae?

facebook

Back to top