O Daae e a Prefeitura entregaram oficialmente à população, na manhã de sábado (25), a Praça Sustentável do Jardim Universal.

O espaço foi construído na confluência da Rua Maria Marchi Vissali com a Avenida Alberto Gomieiro e atende pedido de moradores que sofriam com o descarte de lixo no local, que antes era um terreno baldio.

Os moradores procuraram o vereador Roger Mendes (Progressistas) e pediram para que o espaço fosse transformado em uma praça para a comunidade. A Diretoria de Gestão Ambiental do Daae aprovou a proposta e deu início ao projeto.

Feita a partir de materiais descartados na Estação de Tratamento de Resíduos Sólidos (ETRS) e utilizando mão de obra própria, a praça sustentável não gerou custos para o Daae.

Na praça, os bancos são de madeira reciclada, as lixeiras são de tubos reutilizados, as floreiras são feitas com tubos de concreto reutilizados e o calçamento foi implantado com resíduos da construção civil.

“Essa praça é símbolo do que a gente pode fazer quando cuida do lixo. Em vez de agredir a natureza, vira benfeitoria para a população. Essa praça é a simbologia de uma política pública permanente. Uma cidade sustentável cresce sem destruir a natureza e respeitando o ser humano”, afirmou o prefeito Edinho no evento.

O vereador Roger Mendes ressaltou o papel ambiental da iniciativa e disse que a conquista é de cada um dos moradores. O parlamentar ainda agradeceu a comunidade, a Prefeitura e o Daae por acolherem a proposta. “Por muito tempo, aqui foi um local de descarte de lixo. Todo esse trabalho foi feito para que vocês tenham orgulho de abrir o portão de casa e ver essa praça”, declarou.

Para o superintendente do Daae, Donizete Simioni, a ideia deve se repetir em outros locais. “É um projeto de boas ideias, vontade de realização e envolvimento de todos. Fica o compromisso de aqui ser um projeto-piloto e nós o estendermos para as demais regiões de Araraquara”, disse.

A diretora de Gestão Ambiental do Daae, Katia Matteo, afirmou que a praça foi um sonho dos moradores e de todos os funcionários da autarquia. “Foi um trabalho grandioso e de união. Mais de cem pessoas trabalharam na praça. É um grande orgulho estar aqui hoje”, ressaltou.

O gerente de Resíduos Sólidos do Daae, Agamemnon Brunetti, leu no evento um poema escrito sobre a Praça Sustentável. “A praça é nossa, de todos, do povo, das crianças, dos namorados, dos velhos, dos solitários, dos desolados, dos desabrigados, dos passantes, dos visitantes [...]. A praça viva precisa das pessoas, da natureza e dos sentimentos”, afirmou.

Representando os moradores do bairro e os voluntários que trabalham na praça, Willian Daniel Silva agradeceu a todos pelo empenho. “É um motivo de muita alegria para nós. Agradeço ao Daae, à Prefeitura, ao Roger Mendes e todos os voluntários. Foram muitas horas trabalhadas. Espero que Araraquara faça mais projetos como esse”, destacou.

Também estiveram presentes na solenidade o vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto; os vereadores Paulo Landim (PT), Edson Hel (Cidadania) e Jeferson Yashuda (PSDB); a presidente do Comdema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente), Ana Carolina Buzzo Marcondelli, além de outras autoridades, servidores do Daae e moradores do bairro.

Fonte: PMA

Assessoria de Comunicação, 28 de janeiro de 2020.

Pin It

Enquete Daae

O que você acha do trabalho de Educação Ambiental desenvolvido pelo Daae?

facebook

Back to top