O superintendente do Daae, Donizete Simioni, acompanhado do Prof. Dr. Sérgio Azevedo Fonseca, do Departamento de Administração Pública da Unesp de Araraquara, esteve na tarde da última segunda-feira (02), na nascente do Ribeirão das Cruzes, localizada na zona norte da cidade, com o objetivo de firmar parceria para a recuperação de toda a Área de Proteção Permanente (APP) do entorno da nascente.

A Unesp, por meio do Núcleo de Extensão e Pesquisa em Economia Solidária, Criativa e Cidadania (NEPESC), mantém no local o projeto “Corredor Verde Agroflorestal-CNPq” que visa envolver a população na preservação e reflorestamento da APP, integrando o local à Horta Comunitária já existente no Vale Verde. “Nosso conceito é o de Agrofloresta, integrando o conceito de floresta com a agricultura, através do plantio de espécies nativas, espécies frutíferas e leguminosas”, explicou o professor Fonseca.

Para o superintendente do Daae, a iniciativa de unir forças em prol do meio ambiente é muito válida. “Para iniciar os trabalhos, a Diretoria de Gestão Ambiental do Daae irá realizar o levantamento de toda a APP e indicar a quantidade e as espécies mais apropriadas para o local. Vamos estudar também a viabiliabilidade do cercamento de toda a área”, afirmou Simioni.

O grupo voltará a se reunir na próxima semana, no Horto de Plantas Medicinais e Tóxicas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP Araraquara, onde os alunos cultivam espécies medicinais, aromáticas e condimentares.

Também participaram da visita a diretora de Gestão Ambiental do Daae, Katia Matteo, o gerente de Fiscalização e Licenciamento Ambiental, Artur Osório, o professor Caio Luis Chiarello e os moradores Flávio Preto e Jaqueline Santos Silva.

Assessoria de Comunicação, 04 de dezembro de 2019.

Pin It

Enquete Daae

O que você acha do trabalho de Educação Ambiental desenvolvido pelo Daae?

facebook

Back to top