Para atender aos consumidores do Daae que apresentam situação de vulnerabilidade socioeconômica, o departamento dispõe de três programas sociais dirigidos a facilitar o pagamento dos débitos existentes com a autarquia. São eles:

 

Fundo Social

O Fundo social do Daae tem por finalidade proporcionar, aos consumidores em comprovada situação de vulnerabilidade e/ou risco socioeconômico, as condições para a quitação de seus débitos acumulados com a autarquia.
As normas que regulamentam o atendimento e definem os critérios de identificação dos beneficiários são:

1

O total de remissões mensais será limitado pela disposição de verba estabelecida pela Resolução 178/97.

2

O objeto da remissão será o consumo de água, bem como outros encargos cobrados, ficando incluídas as contas emitidas no trâmite do processo.

3

Somente imóveis de pessoas físicas poderão ser benefici- ários do Fundo Social do DAAE.

4

O consumidor que solicitar Fundo Social deve ser proprietário ou locatário de um ÚNICO imóvel, e nele residir, conforme a Lei nº 6.082/04.

5

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA ABERTURA DE FUNDO SOCIAL:
- Para prorietário do imóvel: contrato de compra e venda, escritura ou IPTU (os documentos precisam estar no nome do proprietário e com reconhecimento de firma);
- Para inquilinos: contrato de locação ou declaração de casa alugada fornecida pelo Daae, com assinatura e reconhecimento de firma do proprietário;
- Para pessoas em casa cedida: declaração de casa cedida própria ou fornecida pelo Daae, com assinatura e reconhecimento de firma do proprietário

6

Para ter acesso à avaliação socioeconômica, o consumidor deve preencher ao menos um dos critérios abaixo descritos:
- Possuir renda familiar igual ou inferior a 3 (três) salários mínimos, comprovada por documento hábil (hollerits, declaração do empregador ou carteira de trabalho).
- Em caso de desemprego,(através de levantamento socioecônomico realizado por assistente social da autarquia).
- Em caso de doenças graves,(através de levantamento socioeconômico realizado por assistente social da autarquia e apresentação de laudo médico).

7

Somente serão abrangidas as contas de consumo de água e coleta de esgotos da família que estiver ocupando o imóvel. As contas anteriores não remidas, serão cobradas em Dívida Ativa.

8

Não haverá quitação para multas resultantes da prática de fraudes que impeçam o registro do consumo de água através de: ligação clandestina; hidrômetro virado, ou travado, ou com sua cúpula furada.

Para requerer o benefício previsto no Fundo Social consumidor deve dirigir-se ao atendimento comercial para solicitação de registro de atendimento direcionado ao Fundo Social. No ato da abertura do processo para avaliação socioeconômica, o consumidor será agendado para atendimento com as profissionais da área de Serviço Social do Daae para elaboração de laudo socioeconômico e parecer acerca da solicitação de quitação dos débitos.

Programa de Parcelamento de Débitos

O pagamento dos débitos não remidos pelo Fundo Social poderá ser feito em parcelas, sendo que o valor de cada parcela não poderá ultrapassar o valor da média de consumo de água dos últimos seis meses. Em cumprimento a esse disposto, o número de parcelas será avaliado de acordo com a necessidade do consumidor.
Para concessão do parcelamento o requerente deverá comprovar que é dono do imóvel, em se tratando de inquilino, deverá apresentar declaração do proprietário, autorizando o parcelamento.
As multas por reabertura, com registro de consumo de água ocorrido, poderão ser parceladas proporcionalmente ao consumo médio dos últimos 6 (seis) meses.

Termo de Compromisso

A pedido do usuário, poderá ser prorrogada a data para o pagamento de débitos, mediante solicitação por escrito, por um período de 15 (quinze) dias, podendo ser renovado por igual período.

Pin It

Enquete Daae

De modo geral, como você avalia os serviços oferecidos pela unidade de atendimento móvel do Daae?

facebook

Back to top